fbpx

A cafeína (1,3,7-trimetilxantina) é a primeira coisa que pensamos quando associamos Sistema Nervoso Central, Café e Estímulo. Fato é que a cafeína é um componente psicoativo que melhora a performance cognitiva e psicomotora , ou seja, você se sente mais ativo, em alerta. No entanto, ao contrário do que muitos pensam, doses baixas a moderadas de cafeína normalmente proporcionam melhores resultados.

A cafeína age inibindo principalmente a adenosina, que é um neuromodulador endócrino que inibe a liberação de diversos neurotransmissores. Assim, a cafeína possui ação estimulante no Sistema Nervoso Central. Desse maneira, pode-se esperar que doses muito elevadas da mesma podem levar a efeitos indesejados, tais como taquicardia, palpitações, insônias, ansiedade, tremores, dores de cabeça e náuseas. Por isso é muito importante que o indivíduo entenda o limiar de consumo adequado para seu corpo, que pode variar muito de pessoa para pessoa. Além disso vale ressaltar também que o horário de consumo deve preferencialmente não estender-se muito ao entardecer.